Nomeados novos Bispos auxiliares para Arquidiocese de Belo Horizonte

Pe. Júlio César Gomes e Pe. Nivaldo dos Santos / Fotos: CNBB

O Papa Francisco nomeou nesta quarta-feira, 23 de dezembro, dois novos Bispos auxiliares para Arquidiocese de Belo Horizonte (MG): Padre Júlio César Gomes Moreira , até então presbítero na paróquia Nossa Senhora do Rosário, em Sobradinho (DF); e Padre Nivaldo dos Santos Ferreira, reitor do Santuário Arquidiocesano São Judas Tadeu, na capital mineira.

Pe. Júlio César Gomes Moreira nasceu em 18 de abril de 1972, em Fortaleza (CE). Estudou Filosofia (1997-1999) e Teologia (2000-2003) no Seminário Maior Nossa Senhora de Fátima, em Brasília (DF). Também cursou Psicologia na Universidade de Brasília (1993-1997).

Em 6 de dezembro de 2003, recebeu a ordenação sacerdotal e foi incardinado na Arquidiocese de Brasília, onde exerceu os seguintes cargos: Pároco de São José em Brazilândia-DF (2004-2005); formador no Seminário Maior Nossa Senhora de Fátima (2006-2007); reitor do Seminário Propedêutico São José (2008-2010).

Na Arquidiocese de Goiânia foi reitor do Seminário Interdiocesano de São João Maria Vianney e do Seminário Santa Cruz (2011-2015); Vigário Paroquial de Menino Jesus (2011-2012) e de Santo Hilário (2012-2014); e Pároco de São Leopoldo Mandic.

Além disso, foi membro da Coordenação da Organização dos Seminários e Institutos do Brasil (OSIB) a nível nacional e também do Regional Centro-Oeste.

Desde 2017, é pároco de Nossa Senhora de Fátima, em Sobradinho (DF), e coordenador da Pastoral Presbiteral da Arquidiocese de Brasília.

Por sua vez, Pe. Nivaldo dos Santos Ferreira nasceu em 3 de junho de 1967, em Barbacena (MG). Concluiu seus estudos de Filosofia e Teologia na Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, em Belo Horizonte. Posteriormente, obteve mestrado em Teologia Fundamental na Pontifícia Universidade Gregoriana de Roma.

Foi ordenado sacerdote em 18 de maio de 1996, incardinando na Arquidiocese de Belo Horizonte, onde ocupou os seguintes cargos: vigário paroquial de São Sebastião (1996); professor do Seminário Preparatório (1997-1998); pároco do Divino Espírito Santo (1997-2001), da Santíssima Trindade (2001-2014) e de São João Bosco (2014-2018); vigário forâneo de São José (2010-2013); reitor do Seminário Arquidiocesano (2013-2018); secretário do Conselho Episcopal. Além disso, foi presidente da Organização dos Seminários e Institutos do Brasil (OSIB).

Desde 2018, é reitor do Santuário Arquidiocesano São Judas Tadeu e por vários anos foi professor do Instituto de Teologia da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, em Belo Horizonte.

Fonte: http://www.acidigital.com/noticias/nomeados-novos-bispos-auxiliares-para-arquidiocese-de-belo-horizonte-46561

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp