Filme sobre o Sagrado Coração de Jesus estreia no Brasil

No dia 26 de fevereiro acontece a pré-estreia no Brasil do filme Coração Ardente, sobre a devoção ao Sagrado Coração de Jesus. O longa poderá ser assistido em cinemas de dez cidades brasileiras: São Paulo (SP), Campinas (SP), São José dos Campos (SP), Rio de Janeiro (RJ), Brasília (DF), Salvador (BA), Belo Horizonte (MG), Porto Alegre (RS), Recife (PE) e Fortaleza (CE).

Coração Ardente mistura documentário e drama. A parte documental fala sobre a devoção ao Sagrado Coração de Jesus e as promessas feitas à santa Margarida Maria Alacoque e ao beato Bernardo Hoyos. Já a parte de ficção conta a história de Lupe Valdéz (Karyme Lozano), uma escritora famosa que passa por um período de dificuldades para se inspirar e precisa escrever novos textos para seu trabalho. Na busca de novos temas, conhece a jornalista María (María Vallejo-Nágera), perita em mistérios, que lhe mostra a devoção ao Sagrado Coração de Jesus e a instiga a se aprofundar e conhecer mais essa história. “Para a surpresa de Lupe, esta jornada trará à tona velhos fantasmas do passado, revelando um coração cheio de cicatrizes e feridas que ainda precisam ser curadas”.

O filme é produzido pela Goya Producciones, da Espanha. Em entrevista a EWTN Noticias, em 2020, o diretor produtora, Andrés Garrigó, contou que a ideia surgiu em 2019, quando foi celebrado o centenário da consagração da Espanha ao Sagrado Coração de Jesus por parte do rei Alfonso XIII. “A ideia era fazer um filme melhor do que ‘Fátima: O Último Mistério’”, disse, em relação ao filme sobre as aparições de Nossa Senhora de Fátima lançado pela produtora em 2017 e que foi assistido por cerca de 400 mil pessoas.

“Naturalmente, para fazer um filme melhor, sabíamos que o tema deveria girar em torno do Filho da Rainha do Céu, que é Jesus. Por isso, pensamos em fazer um filme, que não existia, sobre o Coração de Jesus, a devoção mais universal que existe desde o século XVII em todo o mundo e que chegou a milhões de lares”, disse.

No Brasil, a promoção e distribuição do filme são feitas pela Kolbe Arte Produções, especializada em conteúdo católico. “Decidimos trazer este filme porque nosso público carece desse conteúdo religioso católico”, disse a CEO da Kolbe, Angela Morais. Segundo ela, há no país diversos filmes religiosos, mas de temática evangélica. “Nós temos muitas produções católicas fora e queremos trazer para o Brasil”.

Para Morais, o público que for assistir Coração Ardente terá como “principal mensagem o amor de Jesus pela humanidade”. “O filme reaviva o nosso olhar para Cristo, para ver o quanto Ele nos ama, principalmente neste momento em que vivemos às margens da pandemia e de tantas outras realidades”, disse.

Para mais informações sobre o filme Coração Ardente e locais de exibição, acesso AQUI.

Fonte: ACI digital – www.acidigital.com

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp