30 anos que bate o Coração Mariano da Diocese de Jundiaí

No próximo dia 22 de dezembro celebramos os 30 anos em que a paróquia de Nossa Senhora Aparecida do Vila Rami, consagrada por Dom Roberto Pinarello de Almeida se tornava o Santuário da Fé, o Coração Mariano da diocese de Jundiaí, que até hoje ele é!

Como diz a música “Quanto amor e quanta vida temos para celebrar, tanta gente que se uniu, pôs as mãos e o coração” para que a fé e a devoção em Nossa Senhora Aparecida, que durante anos já movia os corações das famílias que tanto se doaram para que a Rainha do Brasil, e da Vila Rami, também fosse a Rainha de Jundiaí! Relembramos com muita gratidão cada uma dessas famílias que se entregaram por amor a Jesus e Maria, a Mãe Aparecida, a nossa comunidade paroquial, para que de fato, até hoje nos sintamos envolvidos neste amor e vida, que nos leva até hoje a sermos não apenas paroquianos, mas, os Amados Devotos!

Quanta história, quanta memória, estamos próximos deste dia que marcou de fato a fé de um povo fiel, que mesmo nas maiores aflições e tribulações, não desistiu de dar um trono digno de rainha, a Mãe Aparecida, e que até os dias de hoje, mesmo com tantas dificuldades luta para que a Casa da Mãe seja de fato um lugar onde acolher bem, também é evangelizar, onde os romeiros, peregrinos e amados devotos, realmente se sintam em casa, se sintam no coração de Jesus, por meio de Nossa Senhora!

Nos ecos do Santuário, quanta coisa você já não viveu? Amigos, relacionamentos, momentos, nossas festas da padroeira, seu batizado, ou o seu casamento, quantas vezes o seu olhar não se encontrou com o da Mãe Aparecida, na sua singela Imagem que lá do alto de seu nicho recebia as suas preces diante daquele momento difícil que vivia, e que só a fé na Rainha do Brasil era capaz de te afagar as dores. 30 anos se passaram, e hoje relembramos em nossos corações todos os encontros que tivemos com Jesus neste Santuário, tudo o que Ele nos permitiu, e ainda permite viver, o lugar que foi sonhado pelos avós, e hoje frequentado pelos seus netos, o lugar que é de fato casa, a Casa da Mãe que estará sempre de portas abertas para acolher os seus amados filhos e filhas!

Obrigado a você, devoto, romeiro e peregrino, obrigado seu Antenor, obrigado a cada família que tanto se dou, para que a Fé em Nossa Senhora Aparecida, independente do que estejamos vivendo em nosso Santuário, seja sempre o nosso maior elo com o céu, obrigado por nos entregarem ela como rainha, e que possamos, assim como vocês, sempre e ainda mais nos apaixonarmos por Jesus e Maria em nosso Santuário, e a continuar a construir a comunidade paroquial que há 70 anos era sonhada por vocês!

E quem é devoto de Maria, a Mãe Aparecida, diga: EU!

Caíque Ribeiro

Coordenador de Comunicação da Paróquia Santuário Diocesano de Nossa Senhora Aparecida

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp